Tumba com 40 múmias é encontrada no Egito


Arqueólogos egípcios descobriram uma tumba faraônica com 40 múmias, da era Ptolemaica, em Minya, ao sul do Cairo. A descoberta foi anunciada pelo Ministério das Antiguidades neste sábado (02-02-19).

“Não encontramos nomes escritos em hieróglifos”, disse Mostafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades.

Embora as identidades das múmias sejam desconhecidas, pelo método utilizado na conservação dos indivíduos, tratavam-se de pessoas de prestígio de certa importância social.

Do total de múmias encontradas, 12 pertencem a crianças, seis são de animais e o restante são homens e mulheres adultos, conforme assinalado por Rami Rasmi, membro da missão arqueológica que começou no local em fevereiro de 2018.

Elas foram descobertas dentro de quatro câmaras enterradas, nove metros no chão, no sitio arqueológico Tuna El-Gebel. Fragmentos de argila e de papiros encontrados no local permitiram identificar as múmias como pessoas que viveram na Era Ptolomaica.

A dinastia ptolomaica, de origem grega, foi a última dinastia faraônica antes que o Egito passasse para o controle do Império Romano. Cleópatra fez parte dessa dinastia. O período helenístico do Egito durou cerca de três séculos após as conquistas de Alexandre, o Grande e seus sucessores. Depois veio a hegemonia romana no Mar Mediterrâneo.

Algumas das múmias foram encontradas embrulhadas em linho, enquanto outras foram colocadas em caixões de pedra ou em sarcófagos de madeira.


A descoberta arqueológica foi a primeira de 2019 e foi realizada por uma missão conjunta do Centro de Pesquisa para Estudos Arqueológicos da Universidade de Minya.

Fonte: Yahoo

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Comentários

SIGA-NOS NO FACEBOOK

POSTAGENS MAIS VISITADAS DA SEMANA

Maníacos de Dnepropetrovsk (3 guys and 1 hammer)

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Links da Deep Web 2019

Links da Deep Web 2018

Paixão e Assassinato: A história de Sada Abe e Kichizo Ishida

Links Sinistros 152

Links da Deep Web

Links da Deep Web (Abril de 2014)