Garoto de 14 anos encontra avião nazista com restos mortais do piloto Pular para o conteúdo principal

Garoto de 14 anos encontra avião nazista com restos mortais do piloto


Por causa de um trabalho escolar, o garoto dinamarquês de 14 anos Daniel Jensen descobriu um avião da Segunda Guerra Mundial enterrado nos campos perto de casa. O menino contou com a ajuda de um detector de metais e de seu pai para a busca em Birkelse, ao norte do país.

Segundo ele, o objetivo era verificar se a história contada pelo avô de que um veículo nazista havia caído nos arredores da residência da família, em 1944, eram verdadeiras. Siggard Jensen, hoje com 94 anos, comentava sempre o fato com a família.

No interior do "cockpit" haviam os restos mortais do piloto.

A descoberta

Daniel Kristiansen fez a descoberta inesperada acompanhado do pai, Klaus, na sua quinta em Birkelse, no norte da Dinamarca.

"Saímos para o campo com um detetor de metais. Esperava que talvez conseguíssemos encontrar alguns pratos antigos ou alguma coisa que o Daniel pudesse mostrar na escola", explicou Klaus à CNN.

Acabaram por encontrar os destroços de um avião. Pediram uma escavadora emprestada a um vizinho e escavaram até sete a oito metros de profundidade.

"Ao início desenterramos muita terra com fragmentos metálicos. Quando, de repente, surgiram ossos e peças de roupa", recorda o jovem de 14 anos.



Daniel lembra-se de uma história que o avô lhe contava, sobre um avião tinha caído lá na quinta durante a II Guerra Mundial. "Terá sido em novembro ou dezembro de 1944", acrescentou, pois o avô dizia que na altura estava a fazer bolachas de natal com a avó e o tio de Daniel. Mas a avó tinha dito que as forças alemãs removeram o aparelho. "Eu pensei apenas que era uma história", confessa Daniel.

A fazenda da família Kristiansen fica nos arredores da cidade dinamarquesa de Birkelse.
As autoridades acreditam que se trata de um avião de combate Messerschmitt. Uma equipe de especialistas está a avaliar se a quinta da família Kristiansen é segura e se não existem munições ou outros materiais perigosos enterrados.


Os destroços do avião e os restos mortais do piloto foram transferidos para o Museu de História da Jutlândia do Norte, região da Dinamarca onde foi feito o achado. O responsável do museu acredita que em breve será possível confirmar a identidade do homem. "Encontramos os documentos do piloto e pensamos ter um nome", indicou o curador Torben Sarauw.

A polícia isolou o terreno. Como foram encontradas munições, especialistas em desativação de bombas ajudaram a retirá-las do local com segurança.

Suspeita-se que o avião terá saído da base de treino para pilotos alemães em Aalborg, uma cidade nas proximidades. Além das roupas do piloto, foram encontrados o chapéu, três preservativos e a carteira com duas moedas dinamarquesas e algumas senhas da cantina de Aalborg. A embaixada alemã já foi informada do achado.

Daniel espera que os restos mortais possam ser identificados e devolvidos à respectiva família. "Talvez ele possa ter um funeral".

Fontes: Arquivos do Insólito e Galileu

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Noite Sinistra no YouTube

Gostaria de convidar os amigos e amigas a darem uma conferida no canal Noite Sinistra no YouTube, onde vocês podem encontrar várias matérias interessantes. Para acessar basta clicar no banner abaixo.

Acesse o canal Noite Sinistra no YouTube

Não deixem de se inscrever!!!

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Comentários

  1. A Segunda Grande Guerra faz jus ao "Grande". Após décadas de seu termino, ainda se encontram "grandes" coisas como este avião com seu piloto. Isto quando não evacuam vilarejos e até cidades por acharem bombas que não explodiram.

    ResponderExcluir
  2. Ever wanted to get free Twitter Followers?
    Did you know that you can get them ON AUTOPILOT & TOTALLY FOR FREE by getting an account on Like 4 Like?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.