Documentários de crimes reais em serviços de Streaming

em 25/07/2020


Em busca da sua próxima serie no streaming? Então apague as luzes e acomode-se, pois, nesta matéria vocês poderão conhecer alguns interessantes documentários sobre crimes reais recém disponibilizados em diversos serviços de Streaming.

Essa lista contém alguns programas que talvez ainda não estejam disponíveis no Brasil, uma vez que a principal fonte de pesquisa é um site norte americano, até a publicação desta matéria, mas foram compartilhados aqui para os amigos e amigas já estarem informados para quando os mesmos forem lançados.

Compartilhamos também informações a despeito de documentários da plataforma Hulu, que atualmente não está ativa no Brasil. Segundo informações do site Arroba Nerd, esse serviço provavelmente será oferecido aqui em terras brasileiras pela Disney, mais para o final do ano, em novembro segundo o UOL, junto com a entrada no cenário nacional do serviço de streaming da empresa. O TecTudo também confirma a entrada do Disney + no Brasil a partir de novembro, mas afirma que o acesso ao Hulu exigiria a contratação de um pacote adicional.

Enfim, trazemos informações sobre documentários desta plataforma mesmo assim, vai que em breve esse serviço esteja disponível por aqui.

Então, sem mais enrolações, segue abaixo essa lista de documentários cuidadosamente pesquisada pelo nosso colaborador Elson Antonio Gomes.

Mistérios Sem Solução (Unsolved Mysteries) (2020)

Unsolved Mysteries foi uma série de televisão que mostrava crimes não solucionados e fenômenos paranormais. Ela foi transmitida pela NBC de 1987 a 1997, pela CBS de 1997 a 1999, pela Lifetime de 2001 a 2002 e pela Spike de 2008 a 2010. Agora em 2020 a Netflix resolveu transmiti-la e já está fazendo grande sucesso, pois o público está animado em ajudar a resolver os casos. Dos quase 1300 casos apresentados nos anos anteriores, 260 foram resolvidos graças a dicas de telespectadores.


Prescrição Fatal (The Pharmacist) (2020)

Este documentário de crimes reais da Netflix mostra os esforços de Dan Schneider, farmacêutico de uma cidade pequena em Pydras, Louisiana, tentando encontrar o assassino de seu filho. Sua busca finalmente leva a reunir evidências contra um médico em um "pill mill" em Nova Orleans. Frustrado com o modo como a polícia tende a descartar mortes relacionadas ao vício em drogas, Schneider percebe que mais e mais jovens da idade de seu filho emergem dessa farmácia com prescrições de ópio de alta potência. A investigação deste pai sobre a epidemia de opióides é assustadora e poderosa.


Perícia Viciada (How to Fix a Drug Scandal) (2020)

Lançado em abril de 2020 pela Netflix e iniciando uma enorme discussão on-line, Perícia Viciada conta a história de Sonja Farak, química de um laboratório criminal que se tornou viciada nas drogas que deveria examinar. Para garantir que não fosse pega, Farak falsificou resultados que poderiam prejudicá-la. O documentário dividido em quatro episódios revela como tais violações influenciaram o sistema judicial da cidade que causou muitas falhas e mais de 32 mil condenações injustas. Após o caso Farak, os tribunais de Massachusetts cancelaram quase 38 mil acusações por droga que ocorreram nos últimos dez anos.


Conversando com um Serial Killer: Ted Bundy (Conversations with a Killer: The Ted Bundy Tapes) (2019)

O que motiva nossa fixação com serial killers? Provavelmente nunca teremos uma resposta satisfatória, mas continuaremos recebendo exposições assustadoras em cada caso. Na Netflix no trigésimo aniversário da execução de Ted Bundy, Conversations with a Killer conta com mais de 100 horas de entrevistas e filmagens arquivadas para pintar uma imagem cronológica da vida do assassino. Mostrando imagens do próprio Bundy, além de entrevistas com sua família, amigos, vítimas sobreviventes e policiais, a série toma medidas para examinar seu ponto de vista e obter uma visão mais detalhada da vida de um serial killer.


Lorena (2019)

Essa minissérie da Amazon, mostra Jordan Peele que atua como produtor executivo dessas verdadeiras documentações criminais que revisitam o caso de Lorena Bobbit. O abuso doméstico que Lorena sofreu foi muitas vezes ofuscado pela resposta sensacionalista à sua retaliação contra o marido, John Bobbit (ela capou ele). O julgamento poderia ter sido uma chance de discutir agressões domésticas e sexuais nos Estados Unidos. Em vez disso, levou a manchetes grosseiras e cobertura da mídia 24 horas por dia. Essa re-investigação não apenas tenta examinar as experiências de Lorena antes e depois do julgamento, mas também aborda a questão moral da cobertura dos tabloides.


Central Park Five (2012)

A Amazon disponibiliza este longa que mostra cinco adolescentes do Harlem, que em 1989 foram presos e condenados por estuprar uma mulher no Central Park. Após passarem muitos anos na prisão, um homem confessou ter cometido o crime. Este erro judiciário é relatado, revelando a velocidade das condenações, o sensacionalismo da mídia e a história das vidas destruídas por este crime hediondo. É a mesma história contada pela Netflix em Os Olhos Que Condenam.


A Promessa (Killing for Love) (2016)

É um documentário alemão dirigido por Marcus Vetter e Karin Steinberger e disponibilizado pela Hulu. O filme conta a história do duplo assassinato de Derek e Nancy Haysom em 30 de março de 1985 em Bedford County, Virginia. O filme enfoca os dois principais protagonistas, Jens Söring, filho de um diplomata alemão, e Elizabeth Haysom, filha do casal assassinado. Ambos foram condenados à prisão perpétua.


By: Elson Antonio Gomes

Fonte: The LineUp


Quando amanhecer, você já será um de nós...

3 comentários:

  1. Galera, vou indicar mais duas series neste mesmo estilo.

    Uma é a Interrogation. Ela é baseada em uma história real que durou mais de 30 anos, em que um jovem foi acusado e condenado por assassinar brutalmente sua mãe. Cada episódio é estruturado em torno de um interrogatório tirado diretamente dos arquivos de casos reais da polícia.
    O legal é que a própria serie te indica que vc pode assisti-la em qualquer ondem.

    A outra é I'll Be Gone In The Dark. Ela é baseado na busca obsessiva de uma mulher pelo assassino do Golden State, que gerou o livro homônimo de Michelle McNamara.

    A primeira é da CBS. Já a segunda pertence a HBO.
    As duas assisto via torrent.

    Juntando estas duas series com as que estão na postagem, não me deixa dúvida que a justiça nos EUA e tão zuada quanto a nossa.

    ResponderExcluir
  2. Excelentes!
    A contribuição do amigo Elson Antonio também é ótima

    ResponderExcluir

Topo