Bloqueio de conteúdos

em 06/05/2020


Saudações galera... A matéria de hoje não vai tratar de nenhum assunto ligado ao terror ou a curiosidades, mas sim falarei um pouco sobre uma questão chata que vem acontecendo aqui no blog Noite Sinistra, e que me forçou a tomar uma medida igualmente chata: bloquear o copiar e colar para diminuir a cópia de conteúdo sem referenciamento.

Recentemente fiquei sabendo de um blog que estava copiando as postagens aqui do Noite Sinistra sem nos usar como fontes. Eu até não me importo tanto com isso, afinal de contas sempre achei mais importante que os assuntos de terror sejam levados a cada vez mais pessoas, mas o problema neste caso é que algumas matérias copiadas foram enviada para a gente pela galera aí de casa, sendo que a publicação nesse outro site acabou fazendo parecer que o nosso leitor, que ajudou a configurar a nossa matéria, tinha enviado o mesmo assunto para outro espaço... e isso não foi legal.

Justamente por isso resolvi bloquear todo conteúdo no Noite Sinistra, impedindo cópias. Nesse texto vou explicar como isso vai funcionar e como os amigos e amigas que quiserem usar trechos das nossas matérias, seja para o blog de vocês, ou em um trabalho de escola (sim, vários leitores já usaram o NS como fonte de pesquisa) podem conseguir esse material comigo.

Infelizmente tive que bloquear as cópias

O blog Noite Sinistra sempre usou matérias de terceiros, sempre. Porém sempre coloquei créditos, tendo usado apenas um site como fonte ou mais sites. E essa é uma diferença importante ao meu ver.

Se eu coloco apenas uma fonte de pesquisa, eu estou deixando claro que toda aquela matéria foi baseada apenas no texto daquele site referenciado, logo, por mais que eu sempre edite o texto e coloque algumas configurações que fazem parte da "cara do noite sinistra", se alguém quiser copiar  sem citar o Noite Sinistra como fonte dessa matéria nem posso reclamar, afinal de contas não fui eu que elaborei ela totalmente.

O problema acontece quando, nem a fonte que eu usei é mencionada, ou se eu usei várias fontes para a configuração da matéria e o copiador cita apenas essas fontes. Acho um absurdo alguém pegar um texto e não dar nenhum crédito a quem montou o material todo.

No caso de postagens com múltiplas fontes o que acontece é o seguinte: eu pego várias opiniões de diferentes sites, escolho as que julgo mais importantes e coloco na minha matéria. Cito as fontes, afinal de contas foram onde a ideia inicial que estou explorando foi publicada. Sem essas referências, eu talvez não teria configurado minha matéria. Mas nesses casos acredito que o blog Noite Sinistra também deva ser mencionado, afinal de contas a reunião de todos aqueles pontos de vista foi um trabalho aqui do NS.

O mesmo acontece quando um leitor (a) envia uma matéria para a gente. Assim como eu dou créditos a eles pelo envio, é importante que quem copia a matéria faça o mesmo, mas que deixe claro que tal matéria foi enviada para o NS, senão pode parecer que o amigo ou amiga que contribuiu com a gente fez isso com o site dessa outra pessoa também. E isso pode ser enganação!!!

Eu já fiz várias vezes a burrada de errar nas fontes. Já compartilhei textos de blogueiros amigos dando créditos errados...enfim, faz parte. Todos erramos e eu erro pra caramba, seja por incompetência, preguiça e as vezes até por inveja. Ainda tenho o costume escroto de não mencionar fontes de imagens, quando uso fotos complementares de outros sites.

Sei lá, mas acho que a forma mais correte seria mencionar o blog onde encontrei a matéria, e também citar as fontes de site. Algo do tipo:

- Visto em: Noite Sinistra - Fonte: G1, BBC e Wikipédia.

No caso de a matéria original ter sido enviada por um leitor, proceder da mesma maneira, citando ele como autor e o site para o qual ele enviou, originalmente a matéria. Na internet hoje temos muitos jornalistas que trabalham como freelancer, dar crédito ao trabalho deles é super justo.

Me incluo neste puxão de orelhas. As vezes eu cito o jornalista, ou o fotógrafo, as vezes não...

Mas por que agora?

O blog Noite Sinistra existe desde 2012, e apenas agora resolvi bloquear o conteúdo do site para que ninguém copie descaradamente. Sabe gente, eu nunca me importei com isso. Na verdade eu me importo, mas sempre julguei que o importante era o conteúdo ser levado a maior quantidade de pessoas.

O meu ponto de vista é o seguinte. Sempre tive um pouco de raiva pelo fato do terror, ou curiosidades macabras, serem assuntos deixados para segundo plano, seja na TV aberta pela quantidade de filmes do gênero exibidos, seja na própria internet, onde sites com conteúdos mais "tradicionais" sempre recebem as melhores campanhas de publicidade e visibilidade dos sites de agregação de conteúdo. Isso sem contar que sites de terror tem que conviver com as diretrizes do google, volta e meia pegam no pé de alguma matéria, por ela ser alegadamente violenta.

Já cheguei a ter postagens impedidas de veicular publicidade por serem matérias tidas como violentas, mas o texto e as imagens eram baseadas em noticias de portais como a G1 e a BBC. Só que as matérias desses portais continuavam lá belas e repletas de publicidade do adsense, mesmo empresa que considerou a minha matéria inapropriada.

Isso mostra que o assunto terror sempre fica em segundo plano. Então sempre considerei que quanto mais blogs e canais do YouTube falarem de terror, melhor. Pois se o gênero cresce em popularidade, o meu blog também se beneficiaria disso. Então sempre que alguém queria usar um conteúdo aqui do NS, eu via isso como um passo a mais a favor do terror, mesmo que esse blogueiro ou youTuber não citasse fontes.

Sempre mudo alguma coisa nos textos, mudo uma característica que me permite identificar a matéria como sendo aqui do NS. Por isso reconheço minhas as matérias daqui em outros sites.

E como usar as matérias do Noite Sinistra agora?

Quem quiser usar um texto aqui do site, seja integral ou parcialmente, e quiser usar o bom e velho copiar e colar, pode solicitar a matéria por email (noitesinistra@gmail.com). Não vou negar isso a ninguém, mas vou querer que coloquem fontes e mencionem os amigos e amigas aí de casa que me ajudaram com aquele texto.

Se alguém não achar isso justo, fique a vontade para reclamar, seja nos comentário ou via e-mail.

Sei que essa mudança pode atrapalhar um pouco a navegação de alguns leitores...peço desculpas a eles, mas gostaria que vocês entendessem o meu lado também.

Agradeço a todos pela atenção...e até a próxima matéria.

Fonte da imagem: GerenciaGram

Quando amanhecer, você já será um de nós...

2 comentários:

  1. Muito justo, a apropriação intelectual é hj em dia um problema muito sério, e não recebe a devida atenção em nosso país.

    ResponderExcluir
  2. Justíssimo! Como estudante de jornalismo eu sei da importância que as fontes tem, e também sei como é chato que não reconheçam todo o trabalho e pesquisa utilizado na criação de uma matéria.

    ResponderExcluir

Topo