Caso Mário Restier: O brasileiro levado por extraterrestres a um outro planeta Pular para o conteúdo principal

Caso Mário Restier: O brasileiro levado por extraterrestres a um outro planeta


No ano de 1949 o brasileiro Mário Restier foi supostamente abduzido e, segundo os seus relatos, levado a outro planeta pelos seus captores. Mário, que na época vivia em Volta Redonda, retornou para sua família 4 meses após seu desaparecimento. Convido a todos para conhecer um pouco mais a respeito dessa curiosa história de abdução.

A abdução de Mário Restier

Às 17 horas do dia 4 de dezembro de 1949, Mário Restier, que morava na cidade de Barra Mansa regressava do sítio de seu pai, em Volta Redonda, quando notou, ainda perto do sítio, um objeto discoidal sobrevoando silenciosamente um grupo de árvores, aterrissando em seguida a 10 ou 15 metros da estrada. Surpreso, assustou-se mais ainda quando ouviu uma voz que lhe dizia: “Não tenha medo... Quer saber do que se trata? Sabemos que você acredita em nós.”

À sua aproximação, abriu-se uma portinhola no aparelho e apareceram dois tripulantes, de estatura aproximadamente igual a sua, com pouco mais de l,65m, os quais acenaram-lhe amistosamente, como que convidando-o a entrar. Usavam uma espécie de saiote romano e tinham a cabeça coberta por um gorro ou capacete.

A primeira pergunta que Mário lhes fez foi se acreditavam em Deus, ao que responderam imediatamente: “- Deus é um só.”

Mais encorajado, o jovem entrou no disco sendo conduzido por um corredor a uma sala com painéis cheios de ecrans, quadros e botões. Comprimindo-se alguns destes botões, apareciam nos quadros luminosos e fosforescentes esquemas que explicavam a locomoção da nave no espaço. Convidaram-no para uma viagem. Restier respondeu que aceitaria se eles prometessem trazê-lo de volta são e salvo. Assim convencionados, deitaram-no, vestido como estava, dentro de uma espécie de urna ou banheira, cheia de um líquido que, como lhe foi explicado, servia para eliminar as inconveniências de grandes acelerações e também para alimentar o corpo. Apenas os olhos e nariz ficaram fora do líquido.

Em outro mundo

Ao ouvir os tripulantes dizerem que iam decolar, sentiu que adormecia rapidamente. Quando acordou, disseram-lhe que já estavam chegando. Foi tirado da urna e levado a um compartimento anexo, onde sua roupa encharcada e seu corpo molhado secaram imediatamente, como por encanto. Deram-lhe para vestir uma roupa igual à que usavam, muito confortável, e calçados também idênticos.

Olhando por uma das vigias, percebeu que chegavam a uma espécie de espaço-porto, de onde subiam e desciam naves idênticas à que o trouxera. Ao voltar-se para seus companheiros de viagem assustou-se vendo-os sentados num sofá, com a cabeça e tronco inclinados para a frente, sem qualquer movimento, completamente apagados, como se fossem dois bonecos.

Nesse momento abriu-se a portinhola e algumas pessoas, amáveis e sorridentes, cumprimentaram-no, expressando-se em Português com frases como esta: “- Estamos contentes com a sua vinda... É o terceiro. .. Estamos ao seu dispor! ” Eram todos altos, chegando alguns a 2 metros de altura e irradiante saúde, bom humor, felicidade.

Representação dos tripulantes descritos por Mário Restier
Levaram-no a visitar algumas fábricas e estabelecimentos diversos. Andou, a pé, nas ruas, mas durante o passeio viu gente andando também no ar, a uns 10 metros de altura. Veículos deslizavam em estradas suspensas.

Entrou num edifício onde havia uma sala reservada ao nosso planeta Terra. Era uma espécie de museu. Acionaram uns botões, projetando num écran imagens referentes aos terrestres, nossa índole, nossos sentimentos de ambição e violência, nosso grau de evolução. Disseram-lhe que, há bilhões de anos, a órbita da Terra passava perto do seu planeta. Com a aproximação de um enorme corpo celeste, foi a Terra removida para outro sistema. Informaram também que o mundo deles estava perto da constelação de Orion (nome com que a conhecemos) e que astrônomos russos já o haviam localizado.

A cidade era toda coberta por gigantescas cúpulas transparentes, através das quais se via um céu azul. Não viu Sol, mas havia uma iluminação difusa que parecia natural. Os alimentos não deixavam resíduos. A média de vida das pessoas ali era de 300 anos terrestres.

Regresso

Após um tempo que lhe pareceu ser de 6 a 8 horas, desejou regressar à Terra e, como se adivinhassem seu pensamento, seus 6 cicerones disseram-lhe! “Sabemos que o senhor está com vontade de voltar ao seu planeta. ”

Mário Restier e sua filha, e fotografia 10 anos após o episódio
Levaram-no a uma nave idêntica à que o transportara e o processo foi o mesmo: mergulhou na banheira, dormiu, acordou, secaram-lhe a roupa espacial. Depois vestiram-no com sua primitiva indumentária, aterrissaram e deixaram-no próximo ao local de onde o haviam apanhado.

Chegando ao sítio de seu pai, este recriminou-o por desaparecer durante tanto tempo sem dar notícias, preocupando seus familiares. Foi então que Mário Restier constatou que aquele era o dia 14 de abril de 1950. Esteve afastado da Terra 4 meses, mas, pelos seus cálculos, foram três dias no máximo!

Considerações

Embora esse texto retrate uma história/estória fantástica, e um tanto difícil de engolir, é muito interessante observar que Mário Restier cita a constelação de Orion. Quem é fã de conspirações ufológicas certamente já leu algum texto, ou assistiu a algum documentário falando dessa constelação e de suas relações com a adoração a Deuses vindos do céu por parte de antigas civilizações. Os egípcios, por exemplo, construíram pirâmides com interessantes alinhamentos com a constelação de orion (Leia mais clicando AQUI). A civilização Maia, que construiu muitos prédios destinados a adoração das estrelas e a sua observação, também documentou a constelação de orion, atribuindo certa importância a ela.

Claro que esse fato não prova que a história de Mário seja verdadeira, mas é curioso ele fazer menção a essa constelação em uma época (1949) em que a ligação dessa constelação com supostos casos de ufologia ainda não possuía a fama dos dias atuais.
by: Elson Antonio Gomes

Fonte: Revista UFO

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Comentários

  1. Não vou disser que a história é verídica, mas é no mínimo bem fantasiosa. Acredito em seres de outro planeta, com uma dose de ceticismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato amiga...muito fantasioso esse relato.

      Eu realmente acredito que existe vida inteligente no universo, além de nós é claro, mas acho difícil de engolir a maioria dos casos de avistamentos. Isso sem contar as pérolas que aparecem neah.

      Agradeço a participação...

      Excluir
  2. Penso que talvez seja verídica pela riqueza de detalhes particularmente interessantes, bem como o suposto líquido para evitar os tormentos da viajem, também os seres que pilotam as naves serem marionetes. Se for o caso de ser verídica, deve ter sido registrado o desaparecimento, 4 meses desaparecido...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.