Psicólogos afirmam que pessoas que acreditam em teorias da conspiração só querem ser únicas Pular para o conteúdo principal

Psicólogos afirmam que pessoas que acreditam em teorias da conspiração só querem ser únicas


A grande e absoluta maioria de nós, amantes de terror, já nos deparamos com algumas teorias da conspiração durante os nossos momentos ociosos na blogosfera e no youtube. Algumas dessas teorias parecem infundadas, mas sempre existem aquelas que acabam nos cativando, seja por envolverem algum assunto do qual gostamos ou por apresentarem argumentos interessantes. Só que agora, dois estudos separados sugerem que as pessoas que acreditam em teorias da conspiração apenas querem se sentir únicas.

Conforme publicado pelo PsyPost, os dois estudos estão disponíveis no PsycNet e no European Journal of Social Psychology. O primeiro estudo foi intitulado "Eu sei coisas que eles não sabem!". Participaram mais de 1.000 pessoas. Os pesquisadores descobriram que as pessoas que apoiavam teorias de conspiração eram mais propensas a pensar que tinham informações que mais ninguém tinha e dessa forma se sentiam em mundinho fechado onde só os iluminados têm informações sensíveis.

Eles também descobriram que aqueles que querem ser mais originais também são mais propensos a acreditar em uma teoria particular, ainda que seja uma grande tolice. O mesmo aconteceu com as pessoas encorajadas ao exclusivismo.

- "Esses estudos sugerem que as teorias da conspiração podem servir para o desejo das pessoas de serem únicas, destacando uma base motivacional da crença da conspiração", afirmou Anthony Lantian, co-autor do estudo, da Universidade de Grenoble Alps, na França, em seu artigo.

Eles notaram, no entanto, que não tinham certeza se isso era uma consequência de quais teorias de conspiração eles tinham em seu poder, ou se era simplesmente por que as teorias não eram convencionais.

No segundo estudo, mais de 1.000 participantes também foram utilizados. Intitulado "Muito especial para ser enganado", descobriu que o desejo de se afastar da multidão levou a crenças irracionais.

Em três experimentos, eles encontraram achados semelhantes. Ou seja, as pessoas que queriam ser únicas eram mais propensas a acreditar e endossar as conspiranoias mais estúpidas. Eles também descobriram que uma determinada teoria da conspiração recebeu mais apoio quando os participantes souberam que apenas uma minoria de pessoas acreditava.

- "Juntas, essas descobertas sustentam a noção de que as crenças de conspiração podem ser adotadas como um meio para alcançar um senso de singularidade", escreveram os autores Roland Imhoff e Pia Karoline Lamberty da Universidade Johannes Gutenberg de Mainz na Alemanha.

Então, na próxima vez que alguém lhe disser que o Triângulo das Bermudas está engolindo aviões ou os Illuminati querem dominar o mundo, lembre-se de que provavelmente só estão querendo aparecer. 

Foi iniciada a contagem de tempo para a aparição de uma teoria da conspiração que afirme que esses dois estudos foram forjados por alguma sociedade secreta para desacreditar os teóricos da conspiração.

Eu sou declaradamente fã de teorias da conspiração, pelo menos de algumas delas, e me sinto um tanto ultrajado por essas pesquisas, afinal de contas será que me incluo nesse grupo de pessoas que desejam avidamente serem singulares?

Bom, não posso negar  que sempre passou pela minha cabeça que pessoas que acreditam em tudo quanto é teoria da conspiração tinham um parafuso a menos, afinal de contas, algumas dessas teorias não possuem pé nem cabeça, e mesmo assim há que defenda as mesmas com unhas e dentes.

Fonte: MDig

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Comentários

  1. Ou algumas destas pessoas apenas desejam que algumas das informações "exclusivas" que certos grupos detêm, se tornem públicas para que a sociedade possa evoluir como um todo.

    É curioso que as notícias envolvendo aqueles que procuram informação fora dos meios tradicionais de comunicação sejam rotulados de maneira negativa constantemente.

    Nos querem ovelhas.

    ResponderExcluir
  2. "Conspiranoias mais estúpidas",sim! Resumiu totalmente a facilidade que alguns coitados tem em acreditar em quaisquer baboseiras de Internet.

    ResponderExcluir
  3. Ever wanted to get free Google+ Circles?
    Did you know you can get them AUTOMATICALLY AND TOTALLY FREE by using Like 4 Like?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.