Antigo mistério peruano pode ter sido resolvido a partir do espaço Pular para o conteúdo principal

Antigo mistério peruano pode ter sido resolvido a partir do espaço


Arqueólogos usaram imagens de alta resolução de satélites para tentar desvendar um mistério que envolve os povos antigos da região de Nasca, no Peru. Não, não estamos falando das famosas linhas de Nasca, mas sim de uma série de buracos espirais cuidadosamente construídos, chamados puquios, escavados no solo do deserto da região.

Estas formações peculiares não podiam ser datadas usando técnicas de carbono tradicionais, e o povo de Nasca não deixou para trás qualquer evidência de quando se estabeleceram na área pela primeira vez.

Logo, os arqueólogos passaram séculos tentando descobrir o seu propósito, em vão.

Nova hipótese

Agora, Rosa Lasaponara, do Instituto de Metodologias para Análise Ambiental na Itália, sugere uma nova hipótese. Na verdade a hipótese não é tão nova, afinal de contas muitos arqueólogos já sugeriam tal finalidade para as estruturas, porém a explicação dada por Rosa para o funcionamento das mesmas é o ponto inovador do seu estudo.


Ela estudou imagens feitas do espaço para traçar a distribuição dos puquios e como eles estavam relacionados com assentamentos próximos – estes, sim, mais fáceis de datar com precisão.

As imagens forneceram dicas de como esta rede de túneis e cavernas foi criada em Nasca. Lasaponara acredita agora que o objetivo principal dos puquios era habilitar as comunidades a sobreviver em uma área continuamente atingida pela seca: os buracos eram essencialmente um sistema hidráulico muito eficiente, usado para recuperar água de aquíferos subterrâneos.

“O que é claramente evidente hoje é que o sistema deve ter sido muito mais desenvolvido do que parece”, disse Lasaponara. “A exploração de um abastecimento de água inesgotável ao longo do ano contribuiu para uma agricultura intensiva dos vales em um dos lugares mais áridos do mundo”.

Como funcionavam

Os buracos funcionavam canalizando vento em canais subterrâneos, vento que então forçava a água de reservatórios profundos a chegar aos lugares necessários. O que sobrava era armazenado em piscinas na superfície.


A construção era de um padrão tão alto que alguns puquios funcionam até hoje. Lasaponara crê que “tecnologia especializada” deve ter sido usada para erguer o sistema. “O que é realmente impressionante é o grande esforço, organização e cooperação necessários para a sua construção e manutenção regular”, argumenta.

Construir algo nessa escala teria exigido uma compreensão abrangente da geologia da região, bem como das variações anuais no abastecimento de água.

“Os puquios foram o projeto hidráulico mais ambicioso na área de Nasca e tornaram a água disponível durante todo o ano, não só para a agricultura e irrigação, mas também para as necessidades domésticas”, explica.



Alguns mistérios perduram

Existe uma controvérsia a respeito de quem foram os construtores de tais estruturas. Alguns pesquisadores como Katharina Schreiber e Josué Lanchon Rojas defendem que elas foram construídas por povos muitos antigos da America Latina.

Já Monica Barnes e David Fleming afirmam que as estruturas foram construídas após a chegada dos espanhóis, isso porque os primeiros exploradores da região não fizeram nenhuma menção a essas estruturas antes de 1692. Esse argumento é rebatido por outros estudiosos afirmando que, o fato dos primeiros exploradores não terem encontrado, ou dado importância, as estruturas não pode servir de afirmação para que as mesmas não existiam até aquele momento da história.  

Fonte: Hypescience

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Noite Sinistra no YouTube

Gostaria de convidar os amigos e amigas a darem uma conferida no canal Noite Sinistra no YouTube, onde vocês podem encontrar várias matérias interessantes. Para acessar basta clicar no banner abaixo.

Acesse o canal Noite Sinistra no YouTube

Não deixem de se inscrever!!!

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Comentários

  1. Ever wanted to get free Twitter Re-tweets?
    Did you know that you can get them AUTOMATICALLY AND ABSOLUTELY FREE by using Like 4 Like?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.