10 mil criancas imigrantes 'sumiram' sem deixar rastro na Europa Pular para o conteúdo principal

10 mil criancas imigrantes 'sumiram' sem deixar rastro na Europa


Mais de 10 mil crianças imigrantes podem ter desaparecido depois de chegar na Europa apenas nos últimos dois anos, segundo a unidade de inteligência da polícia da União Europeia. A Europol disse que as milhares de crianças desapareceram depois de serem registradas por autoridades.

A polícia do bloco europeu ainda alertou que crianças e jovens podem estar sendo explorados sexualmente e usados em trabalho escravo por gangues de criminosos.

Esta foi a primeira vez que a Europol forneceu uma estimativa de quantas crianças imigrantes podem estar desaparecidas em todo o bloco europeu.

"Não é exagero afirmar que estamos analisando (o número de) mais de 10 mil crianças", afirmou o chefe de gabinete da Europol, Brian Donald, ao jornal britânico The Observer.

"Nem todas elas serão exploradas de forma criminosa; algumas poderão ter ido viver com outros membros da família. Nós simplesmente não sabemos onde elas estão, o que estão fazendo ou quem está com elas."

E, de acordo com a organização de caridade britânica Save de Children, cerca de 26 mil crianças imigrantes chegaram à Europa no ano passado sem família.

Sem rastros

Em maio de 2015 as autoridades da Itália afirmaram que quase 5 mil crianças tinham desaparecido de centros de recepção de refugiados desde o ano anterior.

Em outubro, as autoridades de Trelleborg, no sul da Suécia, afirmaram que cerca de mil crianças e jovens adultos, todos refugiados sem acompanhantes que chegaram na cidade no mês anterior, tinham desaparecido.


Confirmando a estimativa geral de menores desaparecidos, um porta-voz da Europol disse que uma grande proporção de crianças também pode ter desaparecido depois de desembarcar na Grécia. O país foi o primeiro ponto de entrada para mais de 1 milhão de imigrantes que chegaram à Europa de barco em 2015 e as autoridades locais foram criticadas por não conseguir registrar e checar as novas chegadas.

De acordo com a Europol, grupos criminosos envolvidos com tráfico de pessoas na Europa agora têm os imigrantes como alvo. Há o temor de que crianças desacompanhadas e jovens que chegam à Europa possam estar sendo explorados sexualmente, usados como escravos e em outras atividades ilegais.

Um porta-voz da Organização Internacional para Imigração, Leonard Doyle, disse à BBC que o número de 10 mil crianças desaparecidas é "chocante, mas não é surpreendente".

Doyle afirmou que era "esperado" que muitas destas crianças acabassem sendo exploradas.

"Vamos esperar agora que a União Europeia destine recursos para encontrar estas crianças, ajudando-as e reunindo estas crianças com suas famílias", disse.

Afogamentos

O anúncio da Europol veio em mais um momento de grande preocupação sobre a segurança da travessia de imigrantes rumo à Europa. No sábado, pelo menos 39 deles, incluindo várias crianças, se afogaram durante a travessia do mar Egeu, entre a Turquia e a Grécia.

Na sexta-feira, a Organização Internacional para Imigração informou que 244 imigrantes se afogaram no mar Mediterrâneo apenas neste ano, em meio a 55.568 chegadas.

Além dos riscos da travessia, há também problemas nos centros de recepção de imigrantes.

A editora da BBC para a Europa Katya Adler fez uma reportagem no ano passado expondo o quanto estas crianças imigrantes ficam vulneráveis quando são recebidas na Itália.

Fabio Sorgoni, da ONG italiana On The Road, disse a ela que o intervalo de tempo para providenciar um abrigo seguro aos menores que chegam desacompanhados é muito curto.

A lei permite que esses jovens possam sair dos centros de recepção durante o dia, quando se transformam em alvos fáceis para o crime organizado ou criminosos individuais que querem explorar estas crianças e jovens.

Poucos centros da Itália têm um número suficiente de tradutores que falam o idioma das crianças. E também não têm funcionários com experiência em identificar as vítimas exploração sexual.

Milhares de crianças fugiram de centros de recepção e desapareceram nas ruas da Itália. Sem ninguém para assumir a responsabilidade de cuidar destas crianças elas fazem sozinhas o que for necessário para sobreviver.

Fonte: BBC

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Comentários

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.