NASA prevê colapso na sociedade Pular para o conteúdo principal

NASA prevê colapso na sociedade


Um novo estudo patrocinado pelo Centro de Voo Espacial Goddard, da NASA, diz que as sociedades industriais estão destinadas a entrar em colapso, sob a carga de seus próprios apetites por recursos.

O artigo da pesquisa foi publicado no Ecological Economics, e o Dr. Nafeez Ahmed, diretor executivo do Instituto para Pesquisa e Desenvolvimento de Normas, publicou um resumo mais compreensível no The Guardian. De qualquer forma, as notícias não são boas, como os pesquisadores apontam, a história não parece dar apoio às sociedades avançadas.

A queda do Império Romano, e os igualmente avançados impérios Han, Mauria e Gupta, bem como tantos dos Impérios Mesopotâmios avançados, são todos testemunho do fato que civilizações sofisticadas, complexas e criativas podem, tanto ser frágeis, quanto provisórias.

Quem é o culpado? Todos nós somos. Até mesmo a tecnologia que inventamos para nos salvar de nós mesmos está contribuindo para o nosso declínio.

A mudança tecnológica pode aumentar a eficiência do uso de recursos, mas ela também tende a aumentar, tanto o consumo de recursos per capita, quanto a escala da extração dos recursos…

Isso me faz lembrar dos Maias por dois motivos: Primeiro, sua civilização atingiu um alto nível de desenvolvimento, e mesmo assim chegaram ao ponto da sua sociedade ruir, o que é um mistério até hoje. O segundo motivo, e mais importante, que me faz lembrar dos Maias é o seu calendário, esquecendo o lance das tais previsões do fim do mundo. Uma das teorias dos Maias para o tempo, é que o tempo era cíclico, e não linear como nós acreditamos. Se o tempo for cíclico, como eles acreditavam, eventos ocorridos no passado certamente iriam se repetir. Eu particularmente não acredito muito que o tempo seja cíclico, mas acredito que o ser humano costuma repetir erros do passado, justamente por não aprender com eles. Eu, você, todos nós, podemos aprender com nossos erros, mas até que ponto transmitimos essa informação, esse aprendizado? Se transmitimos essas informações, por quantos anos elas serão vistas com relevância pelas pessoas que tiveram contato com elas? O ser humano, por mais instruído que seja, não baseia suas decisões futuras em conhecimentos e dados antigos (quando digo antigos estou me referindo a séculos atrás). Os Maias apenas enraizaram esse pensamento de forma que ele se tornou algo cultural. Será que estamos mesmo caminhando para um colapso social global? Será que as sociedades que ainda não sucumbiram a essa globalização serão atingidas caso esse colapso realmente ocorra? Deem suas opiniões amigos e amigas...

Fonte: OVNI Hoje

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

Comentários

  1. A civilização Maia não acabou por causa da colonização espanhola?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As principais cidades haviam sido abandonadas séculos antes...mas os espanhóis conquistaram os Astecas e alguns povos que eram descendentes dos antigos maias. Algumas antigas cidades até que ainda eram usadas quando os espanhóis chegaram, mas a civilização Maia não formava mais uma unidade...

      Excluir
  2. Eu sei lá,mas eu tinha 500%(sin,500%) certeza disso dsd pequena. Mas como são cientistas, todp mundo bota mais fé neles do q numa criança de 5 anos que já sabia :B

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

Cinco mulheres que afirmam ter dado a luz ao filho do Diabo

Saudações amigos e amigas. Hoje decidi compartilhar com vocês uma bizarra lista, na qual conheceremos a história de 5 mulheres que afirmam ter dado a luz ao filho do demônio. Convido a todos a conhecerem esses estranhos relatos.

A origem da Deep Web

O termo Deep Web passou a ser usado entre os anos de 2001 e 2002, e hoje em dia é sinônimo de crimes cibernéticos e da obscuridade humana. Embora ainda não fosse denominada da forma que é hoje, a deep web já está ativa desde a década de 70. Convido todos a conhecer um pouco mais sobre esse assunto na matéria abaixo.