Método de Execução: Ebulição Pular para o conteúdo principal

Método de Execução: Ebulição


Olá meus caros amigos e amigas. Desde o mês de Agosto, quando o blog Noite Sinistra comemorou seu primeiro ano de vida, todas as segundas feiras vem ao ar uma postagem da segunda temporada da série que fala de antigos métodos de execução, e hoje não será diferente. O método que os amigos e amigas poderão conferir hoje foi usada não apenas como método de execução, mas também empregado como método de tortura.

Como funcionava a execução por Ebulição

Esta horrível forma de execução, que também era conhecida como "Cozido Vivo", era levada a cabo com a ajuda de um enorme caldeirão que poderia estar cheio de água, azeite ou mesmo sebo.

A vítima seria então introduzida no caldeirão que seria depois aquecido com a ajuda de uma enorme fogueira.

Um método alternativo seria a utilização de um recipiente mais raso e menos profundo que o caldeirão. Estando a vítima parcialmente imersa, esta seria literalmente frita em lume brando até à morte.

Há muitas evidências de que ela foi praticada ao longo da história humana. Arqueólogos encontraram ossos humanos em panelas e fornos na China, que foram encontrados em cerca de 500 mil anos de idade.

Na Inglaterra, no ano de 1500 este era o método legal de punição. A vítima era jogada em água fervente, óleo ou alcatrão até serem mortas. Imagine o terror do prisioneiro ao ver que esse seria o seu terrível destino, afinal seria submetido a um método lento e terrivelmente doloroso de execução.

Método de Ebulição usado como tortura

A ebulição também foi usada como método de tortura como já foi mencionado anteriormente. Nesse caso o interrogado era colocado dentro da grande e macabra panela, com água até o pescoço e a panela posicionada sobre o fogo, tal como na execução. A temperatura subia lentamente, oque permitia aos interrogadores fazerem suas perguntas e seu jogo psicológico com o interrogado. Esse processo causava terríveis dores no interrogado, que geralmente saia dessa tortura com graves queimaduras, tanto na pele, como queimaduras internas por respirar os vapores quentes. Em alguns casos ervas eram adicionadas na grande panela, afim de exalarem aromas fétidos quando a água começasse a esquentar, tornando ainda mais insuportável essa tortura.

Comentários

  1. Respostas
    1. Ta agendada para daqui a duas semanas...rsrsrsr

      Agradecido pela dica...

      Excluir
  2. Kcimba esse foi um dos piores métodos q li... Um simples fato de um pouco de café quente caindo na pele já é de uma dor, nem consigo imaginar o desespero e a dor desses infelizes q sofreram essa tortura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente...quando o assunto é fogo mesmo que seja o menor contato é terrivelmente doloroso...

      Semana que vem o método terá tudo haver com fogo...mas não se enganem, o método não será a morte na fogueira como todos nós conhecemos...

      Excluir
  3. gravata colombiana e um metodo digamos ''legal'' para postar aki no blog., blog muito bom o seu

    ResponderExcluir
  4. Meu caro amigo Nando...
    tu sabe qual é aquele método onde era feita introdução via oral de bolinhas de ferro incandescentes...?
    abraços cara... ⌒.⌒

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desconheço esse método manolo...onde vc ouviu falar dele?

      Excluir
    2. Rapaz... Eu vi por ai...kkk
      não lembro muito bem, talvez na tv...

      Excluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.