Homem dado como 'assassinado' é achado vivendo escondido em floresta 5 anos depois

em 07/08/2020


Em setembro de 2015, Ricardas Puisys desapareceu misteriosamente na Inglaterra. Após investigação sem sucesso, a polícia afirmou acreditar que o lituano, que vivia no Reino Unido, tinha sido assassinado por uma gangue de compatriotas que agia no país. Mas nenhuma pista levava os agentes a fecharem o caso.

A última vez que Ricardas tinha sido visto fora na Nightlayer Leek Company, empresa rural em Chatteris para a qual trabalhava.

Em dezembro de 2018, um homem chegou a ser preso por possível conexão com a "morte" de Ricardas, mas acabou solto.


"Por cinco anos, o desaparecimento de Ricardas foi um mistério completo. Até recebermos uma informação no fim de junho que nos levou a encontrá-lo", disse Rob Hall, inspetor-chefe da polícia de Bedfordshire, Cambridgeshire e Hertfordshire.

Durante os cinco anos, o lituano estava escondido numa floresta em Wisbech, anunciaram autoridades no dia 03 de agosto, segundo o "Sun". A polícia agora terá muitas perguntas para fazer a Ricardas.

O imigrante lituano, de 40 anos, havia deixado a família para tentar a vida de trabalhador rural na Inglaterra. Suspeita-se de que ele tenha sido vítima de "escravidão".
By: Chico Izidro

Fonte: Extra

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Um comentário:

  1. A competente policia inglesa "achou" que o cara tinha sido assassinado. Agora "acha" que o cara é vítima de escravidão. Tudo a base do "achar". Por isso que mataram Jean Charles, por "achar".

    ResponderExcluir

Topo