Serial killer em Goiânia? Já são 3 corpos decapitados encontrados em dez dias Pular para o conteúdo principal

Serial killer em Goiânia? Já são 3 corpos decapitados encontrados em dez dias


Cadáveres e cabeças foram encontrados em diferentes áreas da cidade; investigação trabalha com a possibilidade de ligação com o crime organizado. Por hora a polícia ainda não tem cogitado a existência de um assassino em série, mas a possibilidade não foi completamente descartada.

As autoridades da cidade de Goiânia estão mobilizadas para resolver uma série crimes misteriosos e brutais. Nos últimos dez dias, a polícia local encontrou três corpos decapitados na Região Metropolitana da capital do estado de Goiás, além de duas cabeças. A Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), que lidera as investigações, afirmou que não é possível confirmar se os casos têm ligação entre si.

A primeira cabeça foi encontrada por um pedestre na calçada de um shopping na Avenida Perimetral Norte, região norte do Goiânia na manhã do dia 13 de janeiro. O transeunte acionou a polícia. Já no Instituto Médico Legal (IML), a cabeça foi reconhecida pela família da vítima, mas a identidade do homem não foi revelada pelas autoridades.

Na testa da cabeça decapitada estava gravada, com cortes, a sigla "TD2", uma gíria utilizada por criminosos que significa "tudo dois" ou tudo em paz. Por conta desse detalhe, a investigação começou a trabalhar com a ligação da morte com o crime organizado.

No dia 17-01, um corpo decapitado foi resgatado do Rio Meia Ponte, no Setor Negrão de Lima, região central da capital goiana. Por meio de impressões digitais, a polícia conseguiu determinar que o cadáver era da mesma pessoa cuja cabeça havia sido encontrada dias antes.

Nesta segunda-feira (21-01), um segundo corpo sem cabeça foi encontrado em Hidrolândia, Região Metropolitana da capital. Moradores da região acharam o cadáver e acionaram a polícia.

No dia seguinte, uma cabeça em estado de decomposição foi achada na Vila Brasília, em Aparecida de Goiânia, também na Região Metropolitana. A equipe da Polícia Técnico Científica esteve no local e constatou que se trata de um homem, de aproximadamente 26 anos, e de pele morena. Ainda não se sabe se a corpo encontrado no dia 21 e a cabeça encontrada no dia 22 pertencem à mesma pessoa.

Local onde o corpo sem cabeça encontrado em Hidrolândia
Nesta quarta-feira (23-01), um terceiro corpo decapitado foi encontrado, dessa vez no conjunto Primavera, região noroeste de Goiânia. O cadáver foi achado pela Guarda Civil Metropolitana de Goiânia, que fazia buscas por um homem desaparecido. De acordo com o comandante da ação, Cláudio Carvalho, as características físicas e as roupas batem com o homem que estava sendo procurado, mas a identificação oficial só poderá ser feita pelo IML. Ainda de acordo com o agente, o corpo estava enterrado, mas com os braços para fora da terra.

Corpo estava enterrado com os braços para fora, no Conjunto Primavera, em Goiânia, Goiás
Apesar do padrão e do pouco tempo entre a descoberta dos mortos, a DIH de Goiânia diz que não é possível afirmar que os casos têm alguma ligação. A polícia ainda não trabalha com a linha de investigação sobre um assassino em série.

by: Elson Antonio Gomes

Fonte: IG

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Comentários

  1. Boa tarde, meu amigo. Moro no Ceará. Onde até essa data, as facções ainda ''reinam'' no estado. As duas maiores são o Comando Vermelho, representado pelo numeral dois. E os Guardiões do Estado (que de "guardiões" não tem nada. Só se for do capeta kk) representado pelo numeral três. Gostaria de fazer um pequeno esclarecimento acerca da matéria: A sigla "TD2" encontrada na testa da vitima, se refere sim a "Tudo dois" mas não a "Tudo em paz". O fato é que "TD2" ou "Tudo dois" se refere a facção criminosa Comando Vermelho, como dito acima. Representada pelo numeral dois. Daí vem a sigla, "TD2". Dessa forma, descarta-se totalmente a hipótese do crime ter sido feito por algum serial killer, mas sim de algum integrante da facção C.V imprimindo sua "marca" na testa de um integrante de alguma facção rival.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.