Teoria da Conspiração relaciona gatos e alienígenas Pular para o conteúdo principal

Teoria da Conspiração relaciona gatos e alienígenas


Saudações galera atormentada... Tempos atras eu me deparei com um tópico dentro da classificação de assuntos sobrenaturais no fórum 4Chan, na qual um jovem afirmava que gatos teriam uma estreita relação com supostos seres de outros planetas.

Claro que o tópico foi motivo de altas risadas e da zoeira dos demais frequentadores do fórum. Até eu dei a minha boa dose de risada do assunto, principalmente quando um membro do fórum afirmou que não existem apenas Reptilianos, mas também "Felinianos". Mas eis que essa semana acabo me deparando com uma matéria justamente a respeito desse assunto em dois grandes sites: o brasileiro OvniHoje e o site gringo Disclose.TV.

Mesmo não colocando fé alguma nessa teoria da conspiração, resolvi publicar essa matéria mesmo assim, afinal de contas, alguns dos amigos e amigas podem achar o tema interessante. Então fica aqui o convite para que vocês confiram essa teoria e tirem as suas próprias conclusões a respeito do assunto.

Felinos de um modo geral são cercados de um certo misticismos, afinal de contas são criaturas fascinantes e enigmáticas. No passado gatos já foram associados a bruxaria e ocultismo de um modo geral. Talvez apenas as cobras sejam mais correlacionadas ao ocultismo do que os gatos. Muitas civilizações veneraram os felinos, e esse seria um dos pontos de partida da tal teoria da conspiração.

Mesmo os gatos domésticos são criaturas enigmáticas, e agora algumas pessoas começaram a sugerir, que os felinos domésticos são espiões enviados por alienígenas para registrar o comportamento e as ações dos seres humanos? Embora isso tudo pareça um pouco exagerado, há muitas evidências estranhas que parecem apoiar esta conclusão chocante.

Presente dos Deuses

O ponto de partida desta teoria vem dos antigos egípcios. Registros documentados e restos fossilizados parecem sugerir que foi nessa antiga civilização que apareceu o primeiro gato doméstico. De acordo a crença egípcia, gatos eram presentes dos deuses, e eles mereceram ser tratados como tal. A lei egípcia antiga tem alguns regulamentos estritos relativos ao tratamento de gatos e a punição por matar um deles era a morte. Na vida cotidiana, os gatos eram amados por seus donos, lamentados como membros da família quando morriam até o ponto em que foram embalsamados e mumificados como um ser humano. Havia cemitérios especiais de gatos ao longo das margens do Nilo, onde podiam descansar.

Além disso, havia uma mitologia forte relacionada com a deusa do gato, Bastet, que foi venerada como a deusa da alegria e do amor.

Os egípcios são altamente relacionados por teóricos da conspiração com seres alienígenas. Tanto que existem teorias que afirma que um de seus emblemáticos faraós, Akhenaton, seria um descendente direto de seres de outros planetas (clique AQUI e conheça mais a respeito desse caso).

Ainda segundo os conspiracionistas, os cientistas modernos estão tão admirados quando se trata de gatos quanto as pessoas do antigo Egito. Isso ocorre porque os gatos têm uma anatomia muito distinta e desconcertante, que levou algumas pessoas a acreditarem que ela foi construída em algum lugar fora da Terra. Há quem afirme que, se você segurar as orelhas de um gato para trás e descrever o que vê, é uma combinação perfeita do clássico ‘alienígena gray‘, com seus olhos em forma de amêndoa, boca pequena e nariz pequeno.



Criaturas impressionantes


Um dos aspectos mais estranhos da fisiologia do gato é que, segundo a tal conspiração, ninguém sabe como eles podem ronronar, considerando que eles não possuem um órgão específico que permita essa ação. A teoria dominante neste momento é que os gatos têm um oscilador neural rítmico e repetitivo localizado em algum lugar em seu cérebro, o que desencadeia os músculos laríngeos, fazendo com que eles vibrem a uma velocidade de entre 25 e 100 vibrações por segundo. Esta ação causa a separação dos cabos vocais, resultando no ronronar. No entanto, esta é apenas uma teoria e os cientistas ainda não sabem se a oscilação neural existe. Será que o ronronar de gatos é desencadeado por uma função biológica não evidente em criaturas terrestres?

Outra coisa incomum sobre os gatos é a sua extraordinária resiliência em situações fisicamente exigentes. Talvez a coisa mais incrível sobre a capacidade deste felino sobreviver é como um gato que cai livre pode pousar em seus pés, mesmo depois de cair de uma grande altura. De acordo com Destin Sandlin, engenheiro mecânico e testador de foguetes, essa habilidade extraordinária parece desafiar a lei física da conservação do momento angular. Isso levou os cientistas que trabalham em foguetes espaciais examinarem a queda livre de gatos para aperfeiçoar a tecnologia do telescópio espacial.

Eles descobriram que os gatos em queda livre arqueavam suas costas, retraíam as pernas e giravam seus corpos ao longo de dois eixos de rotação separados, permitindo que eles pousassem ilesos. Embora isso não viole a lei da física por si própria, é uma façanha incrível da destreza que os seres humanos não conseguem desempenhar sem o uso de tecnologia muito sofisticada. Isso levou alguns a sugerirem que os gatos foram programados com essa habilidade extraordinária por uma raça alienígena avançada.


Fontes: OvniHoje e Disclose.TV

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Comentários

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.