Trovants: As pedras que crescem na Romênia Pular para o conteúdo principal

Trovants: As pedras que crescem na Romênia


Parece mentira, ou enredo de filme de ficção científica, mas pedras que crescem em contato com a água existem e mais inacreditável ainda é que eles se deslocam de um lugar para outro. As trovants como são conhecidas, não tem nada de sobrenatural, e são um incrível fenômeno geológico que acontece na pequena aldeia de Costesti, no Condado de Valcea, na Romênia. Anos atrás, os moradores da região nem davam importância para esses pedras, achando que fossem normais e que deveriam ter em outros lugares pelo mundo afora e as usavam na construção civil. Atualmente, a região onde existem essas pedras foi transformado no Museu Romeno da Reserva Natural Trovant (Muzeul Trovantilator), um museu a céu aberto, inaugurado em 2004 e hoje patrimônio da humanidade reconhecido pela UNESCO.

A palavra “trovant” ou “tesouro” foi um termo romantizado por G.H. Murgoci, em seu livro “Tertiary Oltenia” em 1907, para a palavra em alemão “Sandsteinkonkretionen”, que significa “areia cimentada”. Areia cimentada é o que trovants são – formas esféricas de areia que apareceram na Terra após poderosas atividades sísmicas. Na verdade, os terremotos que trouxeram essas rochas estranhas à superfície provavelmente ocorreram 6 milhões de anos atrás.


Trovants crescem quando entram em contato com água. Pedras pequenas, de seis a oito milímetros, podem acabar tão grandes quanto seis a dez metros. Algumas até se movem por conta própria. Quando cortados, trovants revelam anéis esféricos e elipsoidais, semelhantes aos troncos das árvores. Supõe-se que trovants possuem um núcleo de pedra, com uma camada externa de areia. Depois de uma chuva forte, pedras menores se formam sobre as maiores – é por isso que são chamadas de pedras de crescimento.


Existem muitas teorias, algumas científicas e outras fantásticas, para explicar o comportamento estranho de trovants. Os Geólogos dizem que estas rochas são resultantes de um processo de cimentação ocorrido milhões de anos atrás nesta região. Cientificamente, essas pedras seriam concreções de areia e seu formato irregular é produto da secreção irregular do cimento. A formação das pedras da Romênia teria relação com uma coisa chamada Diagenesis. Mas esta é apenas uma teoria. Experimentos conclusivos ou bem documentados nunca foram realizados sobre essas rochas bizarras. Por enquanto, elas continuam a ser uma atração turística popular na Romênia.


Mas a Romênia não é o único lugar onde esse fenômeno incomum pode ser encontrado. Acontece que existem mais pedras vivas em outras partes do mundo. Houve relatos de encontrar tais pedras na Rússia e na República Checa, só para citar alguns dos lugares onde Trovants também foram encontrados, porém sua concentração é muito maior na Romênia.















Quando amanhecer, você já será um de nós...

Noite Sinistra no YouTube

Gostaria de convidar os amigos e amigas a darem uma conferida no canal Noite Sinistra no YouTube, onde vocês podem encontrar várias matérias interessantes. Para acessar basta clicar no banner abaixo.

Acesse o canal Noite Sinistra no YouTube

Não deixem de se inscrever!!!

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Comentários

  1. Do you need free Google+ Circles?
    Did you know you can get them ON AUTOPILOT AND ABSOLUTELY FOR FREE by getting an account on Like 4 Like?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.