Homem invade clínica para deficientes e mata 19 pessoas a facadas no Japão Pular para o conteúdo principal

Homem invade clínica para deficientes e mata 19 pessoas a facadas no Japão


No dia 25 de julho de 2016, 19 pessoas morreram e 20 ficaram feridas com gravidade num centro de deficientes mentais no Japão na sequência de um ataque de um homem armado com uma faca, segundo o balanço mais recente dos bombeiros e da polícia.

O homem identificado como Satoshi Uematsu, 26 anos de idade, invadiu uma instituição para pessoas com deficiência em Sagamihara, cidade localizada a cerca de 50 quilômetros de Tóquio, no Japão, e esfaqueou 19 pessoas até à morte.

“Os médicos confirmaram a morte de 19 pessoas”, disse um porta-voz dos bombeiros citado pela agência de notícias AFP. Outras 25 pessoas ficaram feridas, 20 delas com gravidade, segundo a mesma fonte. A polícia confirmou os 19 mortos, mas aponta para 45 feridos, 20 em estado considerado grave, segundo a agência japonesa Kyodo.


O atacante já trabalhou no centro de deficientes, localizado num subúrbio muito povoado de Tóquio (Sagamihara). O homem, que se entregou polícia depois do ataque assumindo a culpa, esteve internado recentemente num hospital psiquiátrico, por ser considerado perigoso, adiantaram entretanto as autoridades locais.

Quando se entregou às autoridades, o suspeito teria afirmado que queria “os deficientes fora deste mundo”, segundo fontes policiais citadas pela imprensa japonesa. O homem despediu-se do cento de deficientes a 19 de fevereiro passado, onde trabalhava desde 2012, revelou um porta-voz da câmara municipal local.

Nesse mesmo dia, a polícia alertou a câmara para a possibilidade de o homem cometer um ato violento, depois de ter tentado entregar uma carta a um deputado local, em que manifestava a intenção de “matar 470 deficientes pelo bem do Japão”, segundo as autoridades locais.

Suspeito libertado após 12 dias internado

“As vidas das pessoas com múltiplas deficiências são extremamente difíceis e, por isso, o meu objetivo é conseguir um mundo em que essas pessoas recebam a eutanásia com o consentimento de um tutor”, escreveu o homem, na mesma carta.

Por causa deste episódio, foi submetido a testes médicos e internado num hospital psiquiátrico, com os médicos a considerarem-no perigoso, disse o porta-voz do município. A 2 de maio passado teve alta, após 12 dias de internamento, apos os psiquiatras terem concluído que tinha melhorado e que já não representava perigo. As autoridades não tinham voltado a receber queixas relacionadas com o seu comportamento.

O Ataque

As instalações tinham cerca de 150 residentes no dia do ataque quando estavam em funções oito funcionários. As vítimas tinham idades entre os 19 e os 70 anos, de acordo com a agência Kyodo que cita o departamento de controle de acidentes da cidade de Sagamihara. Um médico citado pela televisão NHK afirmou que os pacientes estavam psicologicamente em estado de choque e não conseguiam falar.


As autoridades chegaram ao local às 2h30 japonesas, na madrugada de segunda para terça-feira. A polícia havia sido avisada sobre o sucedido por um dos trabalhadores da instituição, via telefone. Não existe qualquer informação que aponte para que este ataque tenha alguma motivação política ou religiosa.

O Japan Times, citando um relato ouvido na NHK, escreve que um morador vizinho da clínica avistou um homem de cabelo loiro e vestido “com roupas escuras” a entrar no edifício.

Cerca de meia hora após as autoridades serem alertadas, o suspeito entregou-se, ele portava as facas usadas no ataque ainda cobertas com sangue.


Este tipo de ataque é considerado raro no Japão, um país onde existe um controle muito restrito da propriedade de armas de fogo. Em maio, recorda o Daily Mail, uma cantora pop japonesa, Mayu Tomita, foi esfaqueada por um fã por, alegadamente, ter devolvido um presente que este lhe tinha enviado. Em março de 2015, cinco pessoas com idades entre os 60 e os 80 foram mortas da mesma forma em Suwoto, cidade na ilha de Awaji, em várias casas.

Declarações de conhecidos

Satoshi Uematsu era tido pelos seus vizinhos como um jovem simpático que gostava de ajudar os outros. “Provavelmente, esperam que eu diga que ele era estranho, ou tinha feito alguma coisa de mal, mas ele era simplesmente um tipo simpático, amigável, que dizia olá sempre que nos víamos na rua“, contou ao The Guardian um vizinho de Uematsu, Akihiro Hasegawa.


Fontes: O Observador e Uol

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Comentários

  1. If you're looking to buy bitcoins online, Paxful is the ultimate source for bitcoins as it allows buying bitcoins by 100's of payment methods, such as MoneyGram, Western Union, PayPal, Visa, MasterCard, American Express and they even allow exchanging your gift cards for bitcoins.

    ResponderExcluir
  2. Are you exhausted from searching for bitcoin faucets?
    Triple your claimed satoshis with this advanced BTC FAUCET ROTATOR.

    ResponderExcluir
  3. Did you think about using the ultimate Bitcoin exchange company - YoBit.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.