Os parques abandonados da Disney Pular para o conteúdo principal

Os parques abandonados da Disney


A leste do parque Magic Kingdom, no Walt Disney World, Estado americano da Flórida, existe um lago chamado Bay Lake. No meio do lago existe uma ilha, onde ficava o Discovery Island - um parque abandonado que, segundo depoimentos, a Disney prefere manter escondido e não deixa ninguém se aproximar.

Em um local um pouco mais distante fica outro parque deserto, o River Country.

Estes são os únicos parques da Disney fechados permanentemente. O Discovery Island era uma reserva natural que funcionou entre os anos de 1974 e 1999 e o River Country, um parque aquático que funcionou entre 1976 e 2001.

E o local é muito valorizado. Saindo do parque Discovery Island, basta cruzar a água do lago que cerca a ilha para chegar ao Magic Kingdom.


Seph Lawless é um fotojornalista do Estado americano de Ohio que se dedica a fotografar esses espaços e tem postado as fotos em sua conta no Instagram.

Em entrevista à BBC, ele disse que espera que a divulgação das fotos convença a Disney a limpar estes locais.

"Acho que a Disney pode fazer algo melhor e sinto que eles vão. Não sei por que (os parques ficaram fechados) há tanto tempo. Talvez seja porque eles ficam tão escondidos e não se toca no assunto", afirmou.

"É uma excelente oportunidade imobiliária para eles. É totalmente incompreensível que eles não explorem e usem esta terra de uma forma positiva."

A BBC entrou em contato com a Disney, mas não houve retorno até o momento.

Lawless faz uma série de questionamentos na legenda: 'Então a Disney está incomodada comigo, mas por que eles ficam tão incomodados sempre que alguém chega perto demais da Discovery Island abandonada? O que você está escondendo, Disney? Fique ligado para as bizarras curiosidades da Conspiração Disney..."

Distância

A Disney não permite que ninguém chegue perto dos parques abandonados, mas é possível alugar barcos para a navegação no lago onde fica o antigo parque Discovery Island, o Bay Lake.

Segundo Lawless, a área é muito vigiada e as pessoas só conseguem chegar a 15 metros da ilha.

"Quando você está no Bay Lake, você é quase acompanhado (todo o tempo). Vários seguranças em barcos ficam te observando. Se você chegar perto demais da ilha, eles te empurram para longe. Eles gritam com você", disse.


"Provavelmente eu cheguei um pouco mais perto da ilha do que deveria."

Lawless alega que acabou sendo banido da Disney World, mesmo que ele não tenha conseguido entrar na ilha ou no antigo parque River Country.


Beleza

Seph Lawless disse à BBC que evitou, de forma deliberada, fazer com que a área parecesse feia em suas fotos.

"Às vezes, durante a edição (da foto) eu mostro as imagens de uma forma criativa para que elas fiquem bem fortes. Mas mesmo neste caso eu queria mostrar algo bonito."

"O objetivo aqui não é apenas dizer que a Disney está arruinando a terra... A mensagem é que eles construíram algo, se beneficiaram disso e agora deixam lá para apodrecer. Eles poderiam ter feito alguma coisa com aquela terra que poderia ter beneficiado o meio ambiente e a vida selvagem de lá", afirmou.

Lawless tentou descobrir por que a Disney não fez nada com a área.


"Eles nem tiveram uma resposta clara a respeito. Um funcionário da Disney disse que é por causa da poluição do show de fogos de artifício à noite e dos parques e barcos. Outros dizem que é por causa de algum tipo de bactéria que causou uma morte na década de 1980."

O fotógrafo se refere a um caso relatado pela agência de notícias Associated Press, de um menino de 11 anos que morreu depois de nadar no River Country. Uma ameba teria entrado no nariz do menino e atacado seu sistema nervoso.

Ele não tinha nadado em nenhum outro lugar na época.

Mas esse caso ocorreu 19 anos antes do fechamento dos dois parques.

Fonte: BBC

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Comentários

  1. Já Cheguei bem perto dessa Ilha, qualquer um (maior de 18) pode alugar um barco e pilotar até bem perto mesmo, mas existem umas barreiras e muito mato na entrada do lugar. Mais uns fatos:
    - é uma Lagoa artificial
    - houve um caso de morte no parque aquático por conta de uma Amoeba

    ResponderExcluir
  2. Are you looking for free Facebook Followers & Likes?
    Did you know that you can get them AUTOMATICALLY AND TOTALLY FREE by registering on Like 4 Like?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.