Ruínas do retiro espiritual indiano que recebeu os Beatles em 1968 Pular para o conteúdo principal

Ruínas do retiro espiritual indiano que recebeu os Beatles em 1968


A espiritualidade do povo indiano, e como isso afeta a organização social do país, é algo que impressiona muito o ocidente, prova disso são os muitos programas e documentários destinados ao assunto, muitos deles focando mais na parte incompreendida e, algumas vezes, bizarra do assunto.

A matéria abaixo mostra algumas imagens das ruínas de um retiro espiritual indiano que ficou conhecido mundialmente por ter sido usado pelos Beatles em 1968.

A estadia dos Beatles torna o retiro conhecido mundialmente


Nas colinas arborizadas perto de cidade santa de Rishikesh, Índia, um homem britânico de 67 anos de idade anda cautelosamente através de uma floresta. Ele está em seu caminho para um Ashram abandonado onde seus ídolos musicais já se hospedaram.

Em 1968 a banda britânica The Beatles esteve no local, que teria servido de inspiração para a composição de algumas canções da banda.

"Este lugar é uma peregrinação para os fãs dos Beatles", diz o turista britânico. "Eles vêm de todo o mundo. Eu tinha que trazer a minha família aqui."

Os Beatles haviam planejado passar cerca de três meses no retiro, que se estendia por 18 acres. Porém de acordo com alguns relatos a estadia da famosa banda inglesa no local nem chegou perto do tempo programado.


Ringo Starr foi para casa após 10 dias reclamando sobre a comida picante - mesmo que ele tinha uma mala cheia de feijões cozidos. Sua esposa, Maureen, também tinha uma fobia de moscas.

Paul McCartney ficou no local por um mês, enquanto John Lennon e George Harrison deixaram abruptamente o retiro após seis semanas.

Segundo Paul Saltzman, autor de The Beatles in Rishikesh, afirmou que a banda escreveu no retiro indiano cerca de 48 músicas, algumas das quais fizeram parte do Álbum Branco. Segundo ele os músicos usufruíram de um momento de explosão de criatividade.

"Eu estava lá quando eles estavam trabalhando em Ob-La-Di, Ob-La-Da", diz Saltzman, que passou duas semanas no ashram.

"Então era grama e jardins. Havia macacos e esmeralda periquitos verdes nas árvores."

Hoje, o ashram é uma relíquia fantasmagórica daqueles dias.

Mas o lugar continua a ser uma grande atrativo aos fãs dos Beatles. A sala de meditação dilapidado batizado The Gallery Beatles Catedral, pelos fãs tornou-se o coração pulsante das ruínas. Suas paredes cheias de grafites coloridos, muitos deles com trechos de músicas dos Beatles, "E a vida flui com você e sem você", diz um deles.






O retiro era capitaneado por um dos gurus autoproclamados mais extravagantes da era hippie, Maharishi Mahesh Yogi. Maharishi arrendou o local junto ao governo indiano em 1957.

O guru tinha prometido transformar as estrelas pop em "professores qualificados ou semi-gurus de meditação hindu". Um jornalista relatou que Lennon e Harrison estavam na rota do misticismo.

Muitas outras celebridades se hospedaram no local ao longo dos anos de ouro do asharam, dentre eles: Mia Farrow, cantor Donovan e Mike Love do Beach Boy. Reza a lenda que o guru Maharishi teria apalpado Mia Farrow, fato esse teria inspirado Lennon a escrever mais tarde a canção Sexy Sadie.

Da esquerda para a direita: Desconhecido, Lennon, McCartney, Maharishi Mahesh Yogi, Harrison, Farrow, Desconhecido, Donovan

O abandono do local

O ashram começou a ser abandonado em meado da década de 70, e em 1997 ele passou a ser controlado pelo departamento florestal indiano.


Hoje em dia o local está sendo "reintegrado" a natureza, o que dá um aspecto ainda mais único ao lugar. O retiro faz parte de um parque de preservação, onde vivem elefantes, tigres e leopardos.


Em 11 de Janeiro de 2008, o guru Maharishi anunciou aos seus seguidores que o seu trabalho no mundo estava terminado e que se retirava para o silêncio e para o estudo dos Vedas. Desde então nunca mais se pronunciou publicamente. As 19 horas do dia 5 de fevereiro de 2008 (véspera do Mahashivaratri), em Vlodrop, Maharishi morreu tranquilamente de causas naturais enquanto dormia, segundo as fontes oficiais do movimento. Tinha 90 anos de idade.

Maharishi Mahesh Yogi (2007)











Fontes: BBC e Wikipédia

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Links Relacionados:

Comentários

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.