Os 4000 esqueletos da cripta de Via Veneto Pular para o conteúdo principal

Os 4000 esqueletos da cripta de Via Veneto


Olá amigos e amigas...a postagem de hoje conta com uma participação muito especial. O texto abaixo foi uma indicação da nossa grande colaboradora, falo da amiga Elaine Lenhagui ( ), que é a grande divulgadora do blog no Twitter. A amiga Elaine nos sugeriu o link de um site, o qual foi usado, e será mencionado como fonte ao final desse texto. Convido a todos a acompanharem esse grande material enviado por essa estimada leitora.

Hoje falaremos de uma interessante parte da cidade de Roma, que não costuma fazer parte das visitações turísticas normais. Como a grande maioria das grandes cidades europeias, Roma também é repleta de histórias e lugares incomuns. Na verdade Roma é uma cidade que testemunhou, como poucas, a história do mundo, e logicamente que uma cidade assim guarda surpresas em cada esquina, o que faz dessa cidade um destino turístico tão fantástico, afinal são necessárias várias viagens para se desvendar boa parte dos encantos de uma cidade como a capital italiana.

A Igreja de Santa Maria della Concezione

Um desses gratos segredos escondidos na capital do grande império da antiguidade é a cripta de Via Veneto. O local é "decorado" com cadáveres e restos de esqueletos de, pelo menos,  4 mil pessoas. A cripta localizada abaixo da Igreja de Santa Maria della Concezione dei Capuchinhos, encomendada pelo Papa Urbano VIII em 1626. O irmão do Papa, Cardeal Antonio Marcello Barberini, que era da ordem dos Capuchinhos, ordenou, em 1631, que os restos de milhares de freis Capuchinhos fossem exumados e transferidos para a cripta. Os ossos foram colocados ao longo das paredes e os freis começaram também a enterrar seus próprios mortos lá, bem como os corpos de Romanos pobres, cujas tumbas ficavam embaixo do chão da atual capela das Missas.


O macabro ossário é cheio de símbolos macabros, o que contrasta com a localização em um templo religioso. O local onde a morte parece ganhar um aspecto trivial, submete o visitante a auto reflexão e muitas vezes a uma certa tristeza. Uma frase lapidar adverte visitantes já no interior da cripta: "O que você é, nós estávamos; aquilo que somos, você será." Uma mensagem puramente metafórica para a vida e a morte.

Santa Maria della Concezione ou a igreja dos Capuchinhos de Santa Maria della Concezione está localizado no número 27 da Via Veneto, uma distância relativamente curta da Piazza di Spagna (500 m.) Ou Piazza Barberini (200 m.), Ou seja, não fora ou um canto distante de Roma, mas sim um ponto perdido no centro histórico da grande cidade européia. Sua fachada é tão sóbria que muitos turistas desavisado e acostumados aos tesouros arquitetônicos renascentistas, acabam resistindo a uma visita, privando-os de uma viajem histórica quase que única.


Tirar fotos no local é algo que não é mais permitido, como acontece em muitos museus, pois segundo os administradores desses locais os Flashes podem danificar as obras históricas. Mas como em todos os lugares onde registrar imagens é proibido, logicamente sempre haverá alguém registrando as imagens escondidos dos guias (para a nossa alegria, é claro).

A construção do templo

A história deste templo remonta ao primeiro terço do século XVII, quando o Papa Urbano VIII (parte do processo inquisitorial de Galileu) encomendou ao arquiteto Antonio Casoni construção de uma igreja cristã para os Frades Capuchinhos, na atual Via Veneto. A construção deve-se, principalmente, ao irmão do papa, Antonio Marcello Barberini (os Barberini eram uma das famílias mais ricas e poderosas da Europa na época), que foi um membro desta ordem religiosa nascida de uma cisão dos Pais franciscanos. Assim começa a operar em 1631 a Igreja de Concepción, caracterizada por barroco clássico, sem muito alarde, mas com algumas pinturas interessantes.


A não é o mais puramente cerimonial, principalmente pela sua cripta. Antonio Marcello Barberini, decide trazer os restos dos frades capuchinhos que tinham sido enterrados no cemitério até então oficial da ordem, na Igreja de Santa Croce e Bonaventura dei Lucchesi, e realizar um trabalho que simbolizam os conceitos que a vida passa rápido e que depois da morte há uma ressurreição. E tudo feito de uma forma diferente  e original, em que os ossos e crânios serviam como ornamento, obras de arte para explicar a fugit tempus.


A Cripta dos Capuchinhos é repleta de colagens feitas de fémures, tíbias, costelas, crânios, esqueletos e até múmias vestidas com seus hábitos. É uma encenação inusitada e triste sobre a vida e a inevitável morte. Nas paredes dos corredores em nas capelas, existem mensagens pintadas falando da morte. Perscrutar cada um deve realizar uma leitura de preceitos eclesiásticos de início e fim da vida, além da ressurreição.


Os principais "colaboradores" desse obituário arquitetônico são os próprios Frades Capuchinhos, que morreram em um período de mais de três séculos (1528-1870). Estima-se que, na cripta da Igreja dos Capuchinhos da Conceição de Roma há restos de cerca de quatro mil membros da ordem, incluindo parentes do Papa Urbano VIII, além de crianças de tenra idade, cuja origem é desconhecida.


Quem visita o local pode gozar de uma sensação única. A atmosfera macabra do local, aliada ao silêncio que é quebrado apenas pelo barulho dos calçados dos visitantes, parece separar a cripta do resto do mundo, e dar ao local um ar ainda mais sombrio, levando o visitante a se sentir dentro de um filme de terror.


No telhado de uma das capelas, um dos retrato da morte com sua foice insaciável e sangrenta, que atingirá sua presa por mais que ela lute. Na outra mão a balança da justiça, o que, em última instância decide se os pecados superam os benefícios, ou se o destino final é o céu ou o inferno.



Agradecimentos a leitora  pela dica...

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA




VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

Comentários

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

Cinco mulheres que afirmam ter dado a luz ao filho do Diabo

Saudações amigos e amigas. Hoje decidi compartilhar com vocês uma bizarra lista, na qual conheceremos a história de 5 mulheres que afirmam ter dado a luz ao filho do demônio. Convido a todos a conhecerem esses estranhos relatos.

A origem da Deep Web

O termo Deep Web passou a ser usado entre os anos de 2001 e 2002, e hoje em dia é sinônimo de crimes cibernéticos e da obscuridade humana. Embora ainda não fosse denominada da forma que é hoje, a deep web já está ativa desde a década de 70. Convido todos a conhecer um pouco mais sobre esse assunto na matéria abaixo.