Os geoglifos da Amazônia Pular para o conteúdo principal

Os geoglifos da Amazônia


Os geoglifos são grandes figuras feitas no chão. Tipicamente são formadas por fragmentos da paisagem, como rochas e pequenas pedras. Existem basicamente dois tipos de geoglifo: O primeiro é o positivo, formado pelo arranjo e alinhamento de materiais ao longo do solo. O segundo é do tipo negativo, formado pela remoção de sedimentos superficiais de modo a expor o solo, criando um relevo negativo (valas). Os geoglifos podem ser mais bem visualizados do alto e muitos não podem ser contemplados completamente do solo. Os geoglifos mais famosos conhecidos compõem as famosas linhas de Nazca, no Peru.

Geoglifos amazônicos

No Brasil esse tipo de formação pode ser encontrada em grande quantidade na região norte, principalmente no estado do Acre, sendo que na grande maioria dos casos os geoglifos encontrados representavam figuras geométricas. Os geoglifos acreanos foram descobertos no final da década de 1970, quando o avanço das frentes de expansão agrícola do sul do Brasil rumo à Amazônia retirou a cobertura florestal de milhares de quilômetros quadrados. Essa mudança na paisagem possibilitou observar a existência de desenhos geométricos escavados em baixo relevo.


Acredita-se que apenas 10% do total presumível de geoglifos foram localizados até agora, em parte devido à densidade da vegetação. Eles ainda são um grande mistério para os pesquisadores, mas crescem as possibilidades de terem sido construídos por uma civilização que viveu entre 800 e 2000 anos atrás.


No estado de Rondônia, mais precisamento na cidade de Rolim de Moura, localizada a cerca de 402 quilômetros de Porto Velho, um sitio arqueológico composto de geoglifos foi descoberto e registrado no cartório. As figuras constituídas de elevações artificiais de terra, escadas de pedra, artefatos de pedra (inclusive esmeraldas) e de cerâmica indígena, foram descobertas pelo pesquisador, farmacêutico, bioquímico e perito criminal voluntário, Joaquim Cunha da Silva, que prontamente alertou o Ministério Público e o Governo Federal, sobre a necessidade de uma discussão com base científica e antropológica, além da necessidade de preservação desses sítios arqueológicos. As pesquisas realizadas pelo caro Joaquim Cunha da Silva já foram mencionadas em uma outra postagem aqui do blog, que falava de um suposto altar Inca descoberto em Rondônia, como vocês podem conferir clicando aqui.

(Foto de Joaquim Cunha da Silva)
Joaquim defende que o Brasil foi alvo de muitas atividades promovidas pela civilização Inca. Em muitos texto que podem ser lidos em seu blog, ele fala de referências Incas em descobertas realizadas em território brasileiro. O explorador Joaquim Cunha da Silva, que é um entusiasta no que diz respeito a Cidade Perdida de Paititi (clique aqui para saber mais a respeito), tem contribuído largamente tanto na exploração como na preservação de uma parte ainda pouco estudada da história sul Americana e brasileira, assim como tantos outros pesquisadores independentes.

Chapada dos Parecis - RO, esses geoglifos são chamados de Baleia e Gato (Foto de Joaquim Cunha da Silva)

Cientistas descobrem 16 novos geoglifos na divisa do Acre com a Amazônia

A descoberta foi feita por cientistas liderados pela antropóloga Denise Schaan, da Universidade Federal do Pará, durante um sobrevoo às margens da BR-317, no sul da região amazônica. Com isso, somam-se 308 geoglifos próximos do limite entre o Acre e o Amazonas.


Segundo Denise, a descoberta foi feita em um voo realizado no dia 16 de junho. Os cientistas esperam mostrar parte dos resultados em um simpósio que começa nesta quarta-feira e vai até o dia 30 na capital do Acre, Rio Branco.


De acordo com Denise, várias figuras já haviam sido descobertas por terra, mas faltava a observação pelo ar. "Durante a procura pelas figuras já registradas em terra, encontramos novos geoglifos", afirmou. "Não sabemos o que são ou quem os construiu, mas vamos levar os dados para o laboratório e começar os trabalhos", diz.


Denise acredita que os geoglifos marcavam locais de encontros e rituais. "O que nos impressiona é a extensão dessa prática cultural, pois são 260 quilômetros de distância entre o geoglifo mais ao sul, no Acre, e o geoglifo mais ao norte, no Amazonas."








Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

Links Relacionados:
Relógio é encontrado em túmulo chinês de 400 anos.
O inframundo Maia de Xibalbá.
A misteriosa “estrada da morte” na Rússia.
A maravilhosa cidade de Sigiriya.
A pedra do Reino e o massacre Sebastianista.
The Money Pit, a misteriosa ilha do tesouro.
Profecias de Alois Irlmaier.
As pinturas Wandjinas na Austrália.
Sambaquis, as milenares pirâmides do Brasil.
Seriam as ruínas de Natividade da Serra - SP, restos de uma pirâmide?
As pirâmides ocultas da China.
A Pegada de Meister.
Presença egípcia no Grand Canyon.
As 35 pequenas pirâmides do Sudão.
As misteriosas inscrições da pedra de Ingá
Suposto altar Inca descoberto em Rondônia.
A pedra de Dighton
A pedra da CEE, intriga arqueólogos gaúchos.
A cidade perdida de Paititi
Fuente Magna, a pedra de Rosetta da América do Sul.
Os Anunnakis.
Os Sumérios, e os Deuses vindos do céu.

Comentários

  1. Atrás da minha casa, no meio dos milhos tem algo parecido HAHAHAH

    ResponderExcluir
  2. São trincheiras, foram feitas na época da guerra com o Paraguai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os geoglifos positivos também são trincheiras? Vc pelo menos tem a menor ideia do que esta sendo tratado aqui, ou pelo menos sabe em que partes do território brasileiro foi lutada a guerra do Paraguai? Povo que não tem um mínimo de inteligência não deveria se querer emitir comentários

      Excluir
  3. NO MÍNIMO QUESTÕES E FENÔMENOS EXTREMAMENTE INSTIGANTES PARA UMA PESQUISA MUITO SÉRIA. NÃO SABEMOS NADA, QUALQUER VESTÍGIO DEVE SER TRATADO COM SERIEDADE...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Siga-nos no Facebook

Postagens Recomendadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais acessadas no último mês

Links da Deep Web 2018

Saudações amigos e amigas. Hoje eu volto a publicar no blog Noite Sinistra uma matéria com links da deep web e prints da deep web.
Os links apresentados na matéria abaixo foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2018, estando todos eles ativos nesse período, mas nada pode garantir que os mesmos estarão ativos até o final do ano, afinal de contas muitos sites na deep web mudam constantemente seus endereços afim de se manterem o mais seletivos quanto aos usuários que frequentam o espaço.

Exorcismo e orações em Latim

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.

Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.

O paraíso do LSD

Em 1997, um químico orgânico chamado Leonard Pickard, junto a Gordon Todd Skinner, construíram o maior laboratório de LSD do mundo. No local, um antigo silo nuclear, eram realizadas várias festas e orgias regadas a drogas.
Segundo fontes, tal laboratório era tão grande que chegou a produzir cerca de 90% do LSD disponível no mundo, isso sem falar nas grandes quantidades desconhecidas de MDMA, ALD-52, extrato de ergot e possivelmente LSZ.

Ted Bundy: O assassino de jovens mulheres

Saudações amigos e amigas. Hoje falaremos de um dos mais notórios serial killers que o mundo já conheceu: Ted Bundy. Ele assassinou cerca de 35 mulheres (crimes reconhecidos pelas autoridades) entre os anos de 1974 e 1978 em seis diferentes estados dos EUA. Ted Bundy é tido, por muitos, como o mais marcante serial killer dos EUA, tornando-se um verdadeiro pop star, muito disso talvez pela forma em que atuou no seu próprio julgamento, ou talvez pela desenvoltura que demonstrava defronte as câmeras em inúmeras entrevistas que deu durante o período em que esteve preso.