Comprovada a lenda que dizia que pessoas espalhavam cinzas de entes queridos na Disney | Noite Sinistra
29/10/2018

Comprovada a lenda que dizia que pessoas espalhavam cinzas de entes queridos na Disney


Há pelo menos 11 anos, uma história perturbadora tem circulado nos blogs de fãs da Disney: as pessoas costumam espalhar as cinzas de entes queridos na Disneylândia e no Disney World. Nesta semana, o Wall Street Journal confirmou a lenda urbana. E não estamos falando de alguns casos isolados. Isso acontece mensalmente. Os funcionários da Disney até têm um código especial para relatar quando isso acontece.

O código é “limpeza HEPA”. Se você é um entusiasta de aspiradores de pó, sabe que a sigla se refere a um tipo especial de filtro necessário para sugar partículas muito finas, como cinzas humanas. Em uma reportagem recente, o Wall Street Journal conversou com os guardas do parque que participaram da limpeza de restos humanos e também com pelo menos três famílias que espalharam cinzas. Vale a pena citar esta parte na íntegra:

Guardas e ex-guardas dos parques da Disney dizem que identificar e aspirar as cinzas humanas é uma parte secreta e particular do trabalho no Lugar Mais Feliz da Terra. Isso dá um trabalho horrível para os funcionários, mas é um momento catártico para os enlutados, que dizem que ter a Disney como local do descanso final é uma homenagem para fãs fervorosos.

A matéria do Journal continua com detalhes mais específicos:

As cinzas humanas têm sido espalhadas em canteiros de flores, arbustos e gramados do Magic Kingdom; fora dos portões do parque e durante os fogos de artifício; no Piratas do Caribe e no fosso debaixo dos elefantes voadores do brinquedo do Dumbo. Mais frequentemente, de acordo com guardas e funcionários do parque, eles são espalhados por toda a Mansão Assombrada, a atração de 49 anos que conta com uma estranha e antiga propriedade cheia de fantasmas imaginários.

“A Mansão Assombrada provavelmente tem tanta cinza humana que nem é engraçado”, disse um guarda da Disneylândia.


Dá para imaginar se a esperança de ter suas cinzas espalhadas na Mansão Assombrada vai transformar quem pede isso em um fantasma que passará a viver na Disneylândia para sempre. No entanto, a questão é mais triste. Algumas pessoas concordam em espalhar as cinzas de seus entes queridos nos parques da Disney para que eles possam sentir que estão aproveitando o lugar com eles mais uma vez.

Aparentemente, esconder os restos humanos em um parque da Disney não é tão difícil. Famílias que fizeram isso disseram ao Wall Street Journal que colocaram as cinzas em frascos de comprimidos com prescrição médica ou em estojos compactos de maquiagem. Um saco Ziploc escondido no fundo de uma bolsa também resolve o problema.

Uma vez lá dentro, é apenas uma questão de espalhar os restos no local certo e torcer para não ser pego pelos guardas. Se isso acontecer, os funcionários do parque simplesmente limpam as cinzas com seus aspiradores especiais HEPA. Ser pego em flagrante também fará você ser expulso do parque.

“Esse tipo de comportamento é estritamente proibido e ilegal”, disse uma porta-voz da Disney ao Wall Street Journal. “Os visitantes que tentarem fazer isso serão escoltados para fora do parque.”

Embora essa última matéria jogue luz sobre as particularidades desse processo, a ideia de que isso está acontecendo existe há anos. Em 2007, surgiram relatos na internet sobre espalhar cinzas na Disneylândia. A polícia até apareceu no parque de Anaheim, noticiou o Los Angeles Times, depois que testemunhas viram um visitante “espalhando uma substância não identificada na água” do brinquedo Piratas do Caribe.

Isso chamou a atenção para um incidente documentado no livro Mouse Tales: A Behind-the-Ears Look at Disneyland, de David Koenig. Um repórter do Los Angeles Times relatou o incidente de 2002 no brinquedo Mansão Assombrada:

O grupo pediu um pouco de tempo extra para um serviço fúnebre rápido para um menino de sete anos que morreu, disse o funcionário, segundo Koenig.

Mas, mais tarde, os operadores do brinquedo avistaram um dos convidados jogando uma substância em pó para fora de seu carrinho.

Depois que o brinquedo foi fechado, o funcionário descobriu ‘um punhado de poeira’ parecido com cinzas”, escreveu Koenig.

Tudo é muito triste. Mas também é proibido espalhar restos humanos em vários lugares públicos, especialmente parques de diversões.

Então, se você está pensando em espalhar as cinzas de um ente querido na Disneylândia ou no Disney World, fique sabendo que os parques sabem sobre esse tipo de coisa. Eles estão preparados para isso. Existe um processo. E, quando tudo estiver dito e feito, as cinzas humanas que você deixou no Lugar Mais Feliz da Terra provavelmente acabarão no lixo.

Fonte: Gizmodo

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no Instagram

Postagem em destaque